28 setembro, 2010

Quartet - Anderson, Brufford, Wakeman and Howe.







i I Wanna Learn

I wanna learn more about you
We haven't spoke in quite a while
And all of the dreams that come true
So surprising how it catches you

I wanna learn more about me
I've been sinking like a setting stone
And now the dreams are realising it's true
That's why I wanna learn about you

I wanna know more about life
And things that can fly in between my mind
I wanna change all the I dream about
My waking and my so many lives, oh my

I wanna learn more about you
We haven't spoke in quite a while
Just let me, let me come through
I'll give you my heart, my life for life

ii She Gives Me Love

She gives me love
When love had gone away
When the pressure came so fast
She give me love
Long distance runaround
And in between the pressure
I was summoned

How did we dance on the south side of the sky
We saw the flags flying on the moon
And thru the gates of delirium so fast
Believing in the light was a beginning
Only to believe in you
Only to believe in you

She give me love
When I was losing fast
I was awakened by the dream
She was the love for me
the first and last
And all that I remembered
Was the roundabout only to believe in you

iii Who Was The First

Who was the first to show
The moon at night
Is never so far away
We are the first to define the
Languages of love

Who was the first to learn
The universal consciousness divine
We are the first to discover
This day in our time

And when the history of science
Re-writes itself each day
We are living in days of wonder Simon says
So wonderful true believer
So wonderful I'm alive
Just take this world of life
Each day at a time

So up this universal
Combinations of the word
I'll try so hard to fulfill my belief

Take me I'm a love you
I'm a love you
No change in my mind
I'll walk with you to the end of the earth

I wanna learn more about you
We haven't spoke in quite a while
I wanna learn more about me
We haven't spoke in quite a while

So up this universal
Combinations of the word
So up this universal
Word of love

Take me I'm a love you
I'm a want you
No need to change my mind
I'll walk with you to the end of the earth

I wanna learn more about you
We haven't spoke in quite while
I wanna learn more about me

iv I'm Alive

Only when you looked
Did I realise
Someone broke into your life
How we hurt and never show it
Come into my world hold me
In your arms
There's a mystery to the touch
How it heals so
When we're broken

I believe that all the fear you've had
Can gently fly away

We experience we hold together
Lost in one embrace

We will love forever (this eternity)
For in (this) love, I'm alive, I'm alive

Only when you spoke
Did I realise
How you understand this life

How you help me
With your eyesight

Only when we touched
Did it all come true
How you understand my life
How you helped me with your light







7 comentários:

Jandira disse...

César, a música realmente é um verdadeiro arrebatamento do Ser, capaz de fazer corpo e “mente”, unidos, dançarem em perfeita sintonia. Reafirmo que essa que você postou é linda!
Com certeza não há uma só cultura onde a música esteja emudecida.
Li, certa vez, que Nietzsche rompeu com Richard Wagner porque ele deixou de fazer música por prazer e passou a fazer ofertas para a popularidade, dentre outras coisas.
Interessante,não é?

Jan

Cerikky.. Cesar Ricardo Koefender disse...

Sim, é tão interessante quanto essa música desse disco do YES-que-não-é-Yes, mas, não sendo, é.

Eles também haviam rompido por n razões, uma delas foi o fato de suas músicas não serem, por assim dizer, "comerciais" -longas e sem apelativos e apelações para tocar nas rádios. Outro motivo, foi as carreiras solo dos componentes...

Com a saída de Jon Anderson dos vocais gravaram, ainda com o nome de Yes, o disco Drama: um nome bem apropriado.

Então, para gravar esse antológico Anderson, Brufford, Wakeman e Howe, eles resolveram colocar seus nomes próprios, sobrenomes, no caso, para poder gravar... já que... Yes era outra banda.

Pouco depois viria Yes Union... outro nome bem apropriado que diz do que estava acontecendo.
Voltaram a se unir incorporando outro vocalista, por exemplo.

Essa banda, no geral, e essa música, no particular, me dizem muito.

Considero essa postagem como um agradecimento aos que são, aos que foram e aos que estão sendo anjos na minha vida.
Anjos, tais como os entendo, são pessoas de carne e ossos e, também, espíritos guardiões e amigos.

Uma benção: eles e a música.

Kátia disse...

Meu queridíssimo e caríssimo ser de luz, desde que você postou essa música não páro de ouvi-la. E a cada vez, sinto tantas e tantas e outras tantas agradáveis vibrações. Harmonizo e sereno minha mente que sintoniza a paz, a serenidade, o querer saber mais... como diz essa bela música. "Come into my world hold me In your arms." Veja só, uma poderosa e mágica presença se manifestando.

Li o que disse a Jandira: você, um anjo citando outros anjos. Um anjo que tem o dom de deixar aceso o caminho por onde passa. Certa vez disse que você era iluminado e isso é uma coisa, mas ter o dom de iluminar é outra – mais elevada. Pessoas que podem fazer isso são raras. Nasceram com uma missão e saem por aí “ascendendo”, clareando com sua luz e abrindo o caminho dos agraciados pela sua presença.

♫ Believing in the light was a beginning
Only to believe in you


I'll walk with you to the end of the earth ♫

.

Cerikky.. Cesar Ricardo Koefender disse...

Também acho essa música e essa letra do Yes inspiradíssima. Ela tem mesmo o efeito de despertar emoções variadas. Sinto-me muito bem
ouvindo-a.

Acho que você sonhou com o tal dito da Jandira.... kkkkkkk... ok, nem me surpreendo mais.

Pelo orkut, você me deu nos dedos:
"...você acredita em anjos humanos, os outros não podem acreditar também?"

Ok. Podem e devem creditar, principalmente quando estão em fina sintonia com esses seres que ESTÃO anjos no plano físico e recebem as bençãos de luz, vindas de Deus... através deles.

Se estou sendo um anjo para você e trazendo luz, saiba que aceito isso e lembro que, como tal, também caminho "pelas trevas"... ainda temos muito a aprender.
Mesmo.
Todos nós.

Abrindo caminhos... ahhh sim, e sem nenhuma modéstia, nem falsa e nem verdadeira, acho mesmo que sou um tanto desbravador... buscando acionar forças e olhares e ações instituintes...

Desmontar e desconstruir essa arquitetura mundana de valores e práticas pré-estabelecidas e instituidas como regra e verdade é uma coisa bem difícil e, me parece, exige sorrisos, palavras ásperas, doces, suaves e ... espadas bem afiadas e cheias de pontas... rs
Eventualmente algumas bombas também.
Palavras-bomba, frases-bomba, figuras-bomba, metáforas-bomba e até mesmo um devir autista... uma bomba que diz exatamente o que é... nesse caso... sem metáforas e sem clausuras, disfarces e melindres.
Quero dizer com isso que, eventualmente num devir autista, não tem representações e simbolismos.Ponto

Os anjos quase sempre, além das asas, estão retratados com espadas. Guerreiros da luz.

Então sigamos em frente... porque quando estamos anjos e estão anjos para nós... é maravilhoso.
11!

Obrigado, my dear.

Kátia disse...

Hahahahahahaha, você sempre vai mais fundo e eu gosto disso. Não esqueço, Cesar, que a sombra é parte indissociável de todos nós. Não aceitá-la é estar vivendo apenas uma parte de nós mesmos. Vejo a luz como aquilo que já foi iluminado. A sombra como algo que ainda não conseguimos enxergar e que negamos quando o ego entra em ação. Hahahahahahaha muitas vezes é assustador encarar esse nosso lado menos evoluído, né? A sombra só existe se há luz porque no breu, inexiste. Tenho um certo carinho por ela pois me indica em que ponto estou incompleta. Ela faz parte do autoconhecimento e redescobertas. Um árduo e necessário trabalho que não é uma tarefa simples para nós, seres em desenvolvimento. Só espero que um mundo seja suficiente para aprendermos a ser melhores.

No geral, vejo a sombra no outro e normalmente não a evidencio, a não ser que esteja me incomodando muito. Acho que aqueles que criticam em demasia desejam, segundo suas expectativas, a mudança do outro. "Lábios que se moldam apenas para criticar afastam os beijos." Hahahahahahahahaha, e vem a vontade de esmurrar.

Sonhei uma pinóia! ---> Faltou eu colocar uma crase no "a". Não foi ela quem disse, foi você. Ufa, ainda bem que esse desbravador querido já se acostumou com minhas trapalhadas.

.

Cerikky.. Cesar Ricardo Koefender disse...

O que faz a falta de uma crase:
kkkkkkkkkkkkkkkk
Faz a gente dar risadas!
Boas risadas.

Gostei da sua definição de sombra. Acho que é mesmo mais fácil identificá-la no outro.
Eu identifico e evidencio, quase sempre. Faz parte do meu trabalho e da minha prática.
Ainda bem que apreendi a olhar para a minha também. Minha? Minhas!

Temos mais de uma. Na verdade, penso que temos muitos pontos, linhas, círculos, decaedros (rs) de luz E de sombra: pontos iluminados e pontos na escuridão.

Não falo aqui da sombra Junguiana. Também não quero seja esse um papo esotérico universalizante que aborda a "eterna" luta entre o bem e o mal, anjos e demônios...

Mas, as palavras... as palavras, têm disso... podem dar esse sentido.

Estamos só falando em nos tornarmos pessoas melhores do que somos. Só.

Só?

Cerikky.. Cesar Ricardo Koefender disse...

E, no orkut, a Káká, continuou e postou assim:

PESSOAS DE LUZ TAMBÉM SÃO ANJOS


Acredito na força de alma e na bondade de coração.

Existem pessoas que fazem de sua existência a missão de levar amor, fé e esperança para aqueles que as rodeiam. Sorriem quando tudo parece acabado... Persistem quando todos já desanimaram... Levantam e vão adiante quando parecem já não haver caminhos... São pessoas que inspiram outras pessoas a se moverem porque se movem.

Por viverem banhados de luz, iluminam seu interior e irradiam sinceridade, preferindo sempre a honestidade das palavras, ações e sentimentos. Toda sua conduta é coerente com seu discurso e com seus princípios, pois sua visão é clara.

São seres iluminados trazendo um abraço terno e um afago sincero. Ocupam um espaço mágico que só os gigantes de coração podem alcançar!


- Rosana Braga -


São sim, seres de luz...
Mas não se chega à luz sem atravessar a sombra.
rs rs rs

...............

A bela postagem veio acompanhada da música "Quartet" - em vídeo - e de uma bela imagem: um anjo - em gif - com pombas "flying around"...

Obrigado, my dear.