16 outubro, 2009

Oração da serenidade




Duas versão "prontas" para a mesma oração:





Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
para aceitar as coisas que não podemos modificar;
coragem para modificar aquelas que podemos
e sabedoria para distinguir umas das outras.


......................................


“Senhor, conceda-me a serenidade
para aceitar aquilo que não posso mudar,
a coragem para mudar o que me for possível
e a sabedoria para saber discernir entre as duas.

Vivendo um dia de cada vez,
apreciando um momento de cada vez,
recebendo as dificuldades como um caminho para paz,
aceitando este mundo cheio de pecados como ele é,
assim como fez Jesus, e não como gostaria que ele fosse;

Confiando que o Senhor fará tudo dar certo
se eu me entregar à Sua vontade;
Pois assim poderei ser razoavelmente feliz
nesta vida e supremamente feliz na outra.”

....................................

No sentido que lhe dou, a prece é uma conversa
espontânea e direta com Deus, Jesus... a divindade!
Assim sendo, eu gosto de "esticar" minhas preces...
buscando, com elas, momentos de grande paz e discernimento.



3 comentários:

Kátia disse...

Uma oração que convive comigo...

A aceitação das coisas que não podemos mudar não pode ser entendida como um convite para a inércia, pois nosso espírito está em contínua construção e sempre requer o caminho para a aquisição da paz. Compete-nos a aceitação serena, mas também a ação regeneradora.

Sempre nos encontraremos encruzilhadas...
Para saber encontrar o caminho mais adequado,nada melhor que a serenidade. Ela nos facilita uma escolha com mais exatidão. Ela nos aproxima melhor do saber a hora de avançar ou de recuar. E recuar não é sinal de covardia, mas sim de bom senso. E, por vezes, até mesmo de PAZ.

.

Cerikky.. Cesar Ricardo Koefender disse...

Também convive comigo Kátia.

Sentir-se em estado de serenidade é algo semelhante a paz: instância em que dentro e fora formam uma união indissociável que aponta para as atitudes e decisões inescapáveis que precisamos tomar.

Momento de parar ou de seguir.... numa busca ativa de adaptação à realidade.

A realidade se impõe por si só e independe da nossa vontade... assim, aceitar o que não podemos mudar - é uma GRANDE APRENDIZAGEM que nos possibilita evitar desperdício de energia.

Seguindo em frente para fazer o que podemos... aprendendo sempre a distinguir... com as bençãos do Mestre (Jesus).

patycalis disse...

Realmente um blog fez a diferença no meu dia, e acho que fará em minha vida, como não acredito no acaso, creio que cheguei até aqui porque estou no caminho certo, no caminho que anseio, o de ser a cada dia uma pessoa melhor!!!

AMEIIIIIII