03 outubro, 2014




..............................................................

"O planeta Terra vive um período de intensas transformações
técnico-científicas, em contrapartida das quais engendram-se
fenômenos de desequilíbrios ecológicos que, se não forem
remediados, no limite, ameaçam a implantação da vida em sua
superfície. Paralelamente a tais perturbações, os modos de
vida humanos individuais e coletivos evoluem no sentido de
uma progressiva deterioração. As redes de parentesco tendem
a se reduzir ao mínimo, a vida doméstica vem sendo
gangrenada pelo consumo da mídia, a vida familiar e conjugal
se encontra frequentemente "ossificada" por uma série de
padronização de comportamentos, as relações de vizinhança
são geralmente reduzidas a sua mais pobre expressão....

É a relação da subjetividade com sua exterioridade - seja ela
social, animal, vegetal, cósmica - que se encontra assim
comprometida numa espécie de movimento geral de implosão
e infantilização regressiva.

A alteridade tende a perder toda a aspereza.

O turismo, por exemplo, se resume quase sempre a uma
viagem sem sair do lugar, no seio das mesmas redundâncias
de imagens e de comportamento".

....................................................................

Essas são as primeiras palavras de
Félix Guattari em
AS TRÊS ECOLOGIAS".




Nenhum comentário: