10 junho, 2009

PEIXARINHO – Luiz Gilberto de Barros


PEIXARINHO – Luiz Gilberto de Barros

Era uma vez um peixinho
Que não queria nadar,
Queria ser passarinho,
Abrir as asas... voar !

Mas como voar se o vento
É tão cheinho de ar
Que torna o mar violento,
É só o vento soprar.
E além do mais, o bichinho

Estava cheio de magoa...
Como é que pode um peixinho Respirar fora da água ?
E o peixinho, tadinho, Ficou num canto de mar
E soluçava baixinho...
Peixe não sabe chorar.

Até que outro peixe, velhinho,
Foi com ele conversar
E disse: - Meu menininho,
Não fique triste, vem cá.

Nosso mar é infinito...
Tantos vivem em aquários...
Luminosos, esquisitos,
De águas turvas... solitários




Sonhando com oceanos,
Rios, lagos, ribeirinhos
E você, traçando planos
De voar qual passarinho...

Tanta gente é prisioneira
Sem poder se libertar...
Use suas nadadeiras
E voe neste céu-mar!

Seja um peixe-passarinho,
Voe livre ao nadar
O mar-céu é um caminho
Muito além do seu olhar.

Comece a sonhar baixinho
Que é para ninguém notar
Seu sonho de passarinho:
Ser um peixinho: nadar.

E o peixe-passarinho,
No lugar das nadadeiras,
Viu crescer... que bonitinho !
Asas para a vida inteira !

E voa, tão ligeirinho
Na superfície do mar...
Voa ! Voa !... peixarinho !
Isto sim é que é sonhar !





2 comentários:

Katia disse...

A simplicidade das coisas....
Com essa poesia você deu um toque de algo tão complexo, onde a maioria das pessoas se perde, com uma ideia tão simples... e tão verdadeira: SONHAR ACORDADO.
Quando a li deixei um post na minha página com dois pensamentos retratando aquilo que senti no momento. Não foi o lugar certo... Estou aqui para me redimir.

* A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
(Valéry Paul)

* Coisas impossíveis, é melhor esquecê-las que desejá-las.
(Camões)

Sonhar é fundamental!!! E nossa alma é terrível... Hahahahahahahaha!!! Mas os sonhos e a realidade devem andar de mãos dadas.


.

Cerikky.. Cesar Ricardo Koefender disse...

Kátia querida.
Você sempre multiplicando sentidos!
Tão lindo seu comentário...
Acho também... que sonho e realidade andam de mãos dadas.

Osho disse: Esteja enraizado na Terra, para que possa estender-se para o céu; esteja enraizado no visível, para que possa penetrar no invisível. (Raízes e asas, p.63)

Dá para dizer que andam com as raízes na terra e as asas no céu... e, também... asas na terra e raízes no céu!