06 junho, 2009

Sonhar acordado, ou, sobre como des-investir o desejo de absoluto





- Para onde você vai?
- Para o infinito, longe de você!
- Estarei esperando... sua volta!
(fragmentos de um diálogo
nunca proferido entre
as Penélopes e os Ulysses...
em nós!)




Desejo de presença
E
Desejo de ausência

..........................................................................


Variações sobre o mesmo tema:
Os sonhos... acordados...



Da humanidade em nós...




Eu sonho
Tu sonhas
Ele e ela sonham...
Com o que?

Desejos de... absoluto?




Faça a sua mágica:
rompendo com o desejo de absoluto...
e...
viva os relativos... do relativo
e...
os relativos do absoluto!!!



(Fragmentos de "pequenos - e raros - conselhos do Mago-Mor")


MÚSICA: Dead can Dance



Um comentário:

Katia disse...

Um viva ao Einstein!!! Outro viva ao Cesar!!!

Há de se ter muita coragem no coração para arrebentar as correntes.
Ser, sentir, acreditar, amar e não temer... Verbos imprescindíveis para viver

" OS RELATIVOS... DO RELATIVO
E...
OS RELATIVOS DO ABSOLUTO."

Jamais perdendo-se do seu verdadeiro "eu".