16 fevereiro, 2009

Ser difícil, eis a questão, ooops... eis a opção!





Palavras do Druída: " Como é fácil ser difícil. Basta ficar longe dos outros e, desta maneira, não vamos sofrer nunca.
Não vamos correr os riscos do amor, das decepções, dos sonhos frustados.
Como é fácil ser difícil. Não precisamos nos preocupar com telefonemas que precisam ser dados, com pessoas que pedem nossa ajuda, com a caridade que é necessário fazer.
Como é fácil ser difícil. Basta fingir que estamos numa torre de marfim, que jamais derramamos uma lágrima.
Basta passar o resto da de nossa existência representando um papel.
Como é fácil ser difícil.
Basta abrir mão do que existe de melhor na vida...."
(Desconheço a autoria)


*********************************************************

Vejo que ele enuncia, com clareza, a posição de defensividade daqueles que já viveram muito e se machucaram "irremediavelmente", e, também, daqueles que, por terem vivido pouco, enclausuram-se num "desejo de morte" - redoma de vidro, ou aquáriuo, como chamam hoje... tudo transparente e premeditado... cada ato!

Por outro lado, tem aqueles que são difíceis exatamente por terem vivido n experiências e tiraram delas todo o seu caldo e NÃO estão mais disponíveis para repetir a dose; agora não mais como defesa e fuga, mas como escolha de não repetição do indesejável.

Um certo grau - sempre imedível - de maturidade e consciência é requerido nesse caso, já que isso implica em sair do ponto de mira em que muitos dos podres poderes do instituido os coloca (nos coloca, se somos desse time)... ou, então, fazer a micropolítica do enfrentamento.
Fazer enfrentamentos lúcidos é ser difícil, porque é difícil fazê-los.

Mais fácil é fugir
e... escamotear
e... sonhar..
sonhos de redenção!

(Cesar RK)
............................................................................





Quando você É considerado difícil?
Quando não satisfaz o desejo do outro?
Quando o outro lhe mostra que você está sendo intransigente?

É intransigência assumir as próprias convicções, à revelia das expectativas de outrem? E, nesse caso,
isso é... SER DÍFICIL?

O que é ser difícil?
O que é ser fácil?

Para cada noção do seja uma e outra coisa, há, em ambas, critérios baseados em desejos
e frustrações.

Olhe para seu Ego e conclua o que você desejou "desse ser difícil"... e não conseguiu.

E vc, que diz já saber de muito, porque viveu e que não quer repetir o indesejável... lembre-se:
você também tem um ego.

O IRREDUTÍVEL OUTRO não está aqui para satisfazer as nossas vontades.
VOCÊ pode ser o irredutível outro... para alguém (e nem saber disso)... e, mesmo o sabendo,
pode continuar sendo-lo. (risos)

(DE 'Fragmentos da conversa do Mago-mor com o Sacerdote Druida')

(Cesar RK)




Um comentário:

danielle disse...

nossa amei ler essas mensagens obrigada
pela oportunidade dew aprender um pouco da vida